O USO DA PLATAFORMA MOODLE EM CONTEXTO DE APRENDIZAGEM

Autores

  • Paulo Roberto Tavares Autor/in

DOI:

https://doi.org/10.51473/rcmos.v1i1.2024.435

Palavras-chave:

MOODLE. Educação. Plataformas e-Learning. Aprendizagem.

Resumo

Elaborado a partir de levantamento bibliográfico, este artigo tem por objetivo descrever as principais características e ferramentas disponibilizadas pela plataforma e-Learning mais utilizada no mundo, o MOODLE. Essa plataforma é amplamente divulgada e reconhecida por ser um software aberto, podendo ser baixado, utilizado e modificado por qualquer um dos usuários da plataforma de maneira gratuita. Busca, dessa forma, compreender como essa plataforma tem sido largamente utilizada em contexto de ensino-aprendizagem, os recursos didáticos e as metodologias pedagógicas que disponibiliza, assim como as vantagens e desvantagens que apresenta. Do ponto de vista da abordagem metodológica, esta é uma pesquisa qualitativa e descritiva-analítica. Para levantamento bibliográfico foi realizada uma busca na base de dados Google Scholar, utilizando-se do seguinte descritor: “o MOODLE em contexto de aprendizagem”. Concluiu-se que a facilidade de acesso, flexibilidade e aprimoramento constante são aspectos que fazem do MOODLE um dos sistemas online mais completos para a Educação, não obstante, sua simples inserção não é suficiente para garantir um ambiente de aprendizado significativo.

Downloads

Os dados de download ainda não estão disponíveis.

Biografia do Autor

  • Paulo Roberto Tavares

    Graduado em Licenciatura em Ciências Biológicas, Química, Pedagogia, Educação Especial, Ciências da Religião, Geografia. Cursando fonoaudiologia. Pós-graduado em metodologia do ensino religioso e educação infantil. Pós-graduado em metodologia de ensino de biologia e química. Pós-graduado em geografia meio ambiente e sustentabilidade. Pós-graduado em coordenação pedagógica e planejamento escolar. Pós-graduado em orientação, supervisão e inspeção escolar. Pós-graduado em ciências da natureza, suas tecnologias e o mundo do trabalho. Pós graduado em currículo e prática docente nos anos iniciais do ensino fundamental. Mestre em educação e novas tecnologias. E-mail: pr.tavares@unochapeco.edu.br

Referências

Alencar, A. S. de., Matias, F. C. P de., Guimarães, F. P., Oliveira, R. S. de. (2011). O Moodle como ferramenta didática. Revista Anais do Congresso Nacional Universidade, EAD e Software Livre, 2(2), 1-5. Recuperado de http://www.periodicos.letras.ufmg.br/index.php/ueadsl/article/%20view/2919/2878.

Bechara, J. J. B., & Haguenauer, C. J. (2009). Por uma aprendizagem adaptativa baseada na plataforma Moodle. Anais do Congresso Internacional ABED de Educação a Distância, Fortaleza, CE, Brasil, 15. Recuperado de http://www2.abed.org.br/congresso2009/CD/trabalhos/1552009231402.pdf

Belloni, M. L. (2005). Educação a Distância e inovação tecnológica. Trabalho, Educação e Saúde, 3(1), 187-198. Recuperado de https://www.scielo.br/j/tes/a/GBM3YFDNTT45ctv5B3pfrHG/?format=pdf&lang=pt

Costa, P. S. de., & Mendonça, L. S. de. (2014). O uso da plataforma Moodle como apoio ao ensino presencial. Diversa Prática, 2(1), 146-194. Recuperado de https://www.researchgate.net/publication/280644724_O_USO_DA_PLATAFORMA_MOODLE_COMO_APOIO_AO_ENSINO_PRESENCIAL.

Freire, P. (1996). Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática educativa. (25a ed.). São Paulo: Paz e Terra.

Gonçalves, V. (2007). e-Learning: reflexões sobre cenários de aplicação. Anais do Congresso da SPCE: Educação para o sucesso: políticas e actores, Funchal, Portugal, 9. Recuperado de https://bibliotecadigital.ipb.pt/handle/10198/1383

Gonçalves, O. M. B., & Oliveira, P. H. A. (2020). O Moodle no ensino: uma visão do aluno. In S. T. Camargos et al. (Org.). Guia prático para uso do Moodle (pp.8-9). Belo Horizonte: Faculdade de Medicina/UFMG. Recuperado de https://www.nescon.medicina.ufmg.br/biblioteca/imagem/E-book-Guia-pratico-Moodle.pdf

Liu, P. M. F. (2020). Moodle Apresentação. In S. T. Camargos et al. (Org.). Guia prático para uso do Moodle (pp.6-7). Belo Horizonte: Faculdade de Medicina/UFMG. Recuperado de https://www.nescon.medicina.ufmg.br/biblioteca/imagem/E-book-Guia-pratico-Moodle.pdf

Pereira, N. L., Spanhol, F. J., Lunardi, G. M. (2018). Modelo sistemático para utilização dos recursos e ferramentas da Plataforma Moodle: uma proposta para mediação da aprendizagem no Ensino Superior. Revista Educação & Linguagem, 21(2), 163-180. Recuperado de https://www.metodista.br/revistas/revistas-metodista/index.php/EL/article/view/9164/6448.

Arquivos adicionais

Publicado

24.01.2024

Edição

Seção

Artigos Científicos de Pesquisa

Como Citar

TAVARES, Paulo Roberto. O USO DA PLATAFORMA MOODLE EM CONTEXTO DE APRENDIZAGEM. RCMOS - Revista Científica Multidisciplinar O Saber, Brasil, v. 1, n. 1, 2024. DOI: 10.51473/rcmos.v1i1.2024.435. Disponível em: https://submissoesrevistacientificaosaber.com/index.php/rcmos/article/view/435.. Acesso em: 21 maio. 2024.

Artigos Semelhantes

1-10 de 194

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.