GERENCIAMENTO DO ENFERMEIRO NO SERVIÇO DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIA

Autores

  • Adelita Barros de Aguiar Autor/in
  • Celeste Mendes Autor/in

DOI:

https://doi.org/10.51473/rcmos.v1i1.2024.456

Palavras-chave:

Saúde. Enfermagem. Atendimento de Urgência e Emergência

Resumo

O presente artigo tem como tema o papel do enfermeiro no gerenciamento das ações de urgência e emergência  A equipe de enfermagem que atua na urgência e emergência, tem como características da profissão uma elevada carga de trabalho, e rapidez nos atendimentos, contudo,  também existem funções que precisam de autonomia na realização das atividades que não dizem respeito somente as práticas relacionadas ao atendimento, mas que contribuem com o processo, tais como o preenchimento de protocolos, relatos das ações realizadas e dos acompanhamentos e evoluções dos atendimentos, bem como os encaminhamentos que se procederam. Ainda existe no seu cotidiano toda uma burocracia a ser somada nas atividades laborais da instituição.  Para concretizar os estudos referentes a qualidade do gerenciamento do enfermeiro em situações de urgência e emergência busca-se atingir o objetivo de determinar quais atitudes deve ter o profissional de enfermagem para gerenciar suas ações com o propósito de atingir a qualidade no atendimento, conhecendo quais as funções e reais características que deve permear em seu fazer laboral, estabelecendo parâmetros para que se priorize a qualidade no atendimento. O estudo se justifica pela necessidade de o profissional de enfermagem refletir sobre a sua prática valorizando seu conhecimento com a aplicação de competências que estabeleçam a autoconfiança e proatividade. Trata-se de um estudo de revisão de literatura de cunho descritivo exploratório realizada em documentos disponíveis para acesso na Biblioteca Virtual de Saúde (BVS), Pubmed, Lilacs, Medlaine. As Considerações Finais apontam que as discussões sobre os fatores relacionados com a situação do atendimento de urgência emergência em nosso país requer um novo olhar sobre a forma de gerenciar as ações realizadas nesse contexto

Downloads

Os dados de download ainda não estão disponíveis.

Biografia do Autor

  • Adelita Barros de Aguiar

     Bacharel em Enfermagem, Atuante como enfermeira no Estado de Mato Grosso como Enfermeira Responsável Técnica pelo Pronto atendimento no Município de Diamantino. Coordenadora da Enfermagem no Município de Diamantino.

  • Celeste Mendes

     Doutora em Ciências da Educação, Mestre em Ciências da Educação. Especialista em Gestão Educacional. Professora Orientadora de TCC. Pedagoga coordenadora técnica pedagógica em cursos de Especialização e cursos de mestrado e Doutorado. Atualmente atua como professora orientadora em cursos de mestrado e doutorado e assessora pedagógica de acadêmicos.

Referências

Mendes, Eugênio Vilaça As redes de atenção à saúde. / Eugênio Vilaça Mendes. Brasília: Organização Pan-Americana da Saúde, 2011. 549 p.: il.

Arquivos adicionais

Publicado

23.02.2024

Edição

Seção

Artigos Científicos de Pesquisa

Como Citar

DE AGUIAR, Adelita Barros; MENDES, Celeste. GERENCIAMENTO DO ENFERMEIRO NO SERVIÇO DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIA. RCMOS - Revista Científica Multidisciplinar O Saber, Brasil, v. 1, n. 1, 2024. DOI: 10.51473/rcmos.v1i1.2024.456. Disponível em: https://submissoesrevistacientificaosaber.com/index.php/rcmos/article/view/456.. Acesso em: 21 maio. 2024.

Artigos Semelhantes

1-10 de 394

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.