AS GERAÇÕES E A MODERNIDADE LÍQUIDA NO CONTEXTO EDUCACIONAL

Autores

  • Michael Fernandes de Lima Autor/in
  • Jônathas dos Santos Carretero Autor/in
  • Hermócrates Gomes Melo Júnior Autor/in
  • Antonio Epitácio Soares de Macêdo Autor/in
  • Anair Meirelles Quadrado Autor/in

DOI:

https://doi.org/10.51473/rcmos.v1i1.2024.473

Palavras-chave:

Gerações. Modernidade Líquida. Protagonismo Juvenil. Práticas Educacionais.

Resumo

Este estudo teórico propõe uma análise do comportamento e das experiências vivenciadas por diferentes gerações, com ênfase no impacto dessas vivências na formação de cada grupo. Foi observado que o ensino sofreu transformações significativas ao longo das gerações, sem que se estabelecesse um modelo padronizado, considerando-se o modelo de formação a que os docentes foram submetidos. A pesquisa aborda a educação na contemporaneidade, refletindo sobre o papel das instituições educacionais e dos educadores neste contexto. Explora-se as peculiaridades das gerações de veteranos, baby boomers, X, Y, Z e alfa, e sua interação com a Modernidade Líquida, conceito cunhado por Zygmunt Bauman. A metodologia empregada consistiu em uma revisão bibliográfica, utilizando-se como fontes a base de dados do Google Acadêmico e do Scielo Brasil. As gerações são influenciadas por eventos marcantes que moldam seus interesses pessoais e sociais. A Modernidade Líquida, caracterizada por sua natureza incerta e instável, impõe uma necessidade constante de reavaliação das práticas educacionais. Neste cenário, a função do educador e das instituições de ensino torna-se primordial, especialmente no que tange à incorporação de ferramentas tecnológicas no processo de ensino-aprendizagem. Este processo permite que o estudante assuma um papel ativo na construção de seu conhecimento, resultando em indivíduos mais críticos e conscientes socialmente. O estudo tem como objetivo incentivar os educadores a refletirem sobre a utilização de ferramentas tecnológicas no ensino, com foco na centralidade do aluno na construção de seu conhecimento.

Downloads

Os dados de download ainda não estão disponíveis.

Biografia do Autor

  • Michael Fernandes de Lima

      Lattes: http://lattes.cnpq.br/1323072213718909; E-mail: michaelfernandesdelima3@gmail.com 

  • Jônathas dos Santos Carretero

      Lattes: http://lattes.cnpq.br/3243411155830000; E-mail: jcmusico@bol.com.br 

  • Hermócrates Gomes Melo Júnior

      ORCID: https://orcid.org/0009-0003-5758-414X; E-mail: hgjunior@ufba.br 

  • Antonio Epitácio Soares de Macêdo

      Lattes: http://lattes.cnpq.br/1029412823284727; E-mail: antonioepitacio2004@hotmail.com 

  • Anair Meirelles Quadrado

      Lattes: http://lattes.cnpq.br/5853422935914655; E-mail: Anairquadrado@yahoo.com.br 

Referências

ALFANO, B. A educação deve ser pensada durante a vida inteira, diz Zygmunt Bauman. O globo, 2015. Disponível em: < https://www.fronteiras.com/leia/exibir/zygmunt-bauman-a-educacao-deve-ser-pensada-durante-a-vida-inteira>. Acesso em: 27 jan. 2024.

BAUMAN, Z.; DENTZIEN, P. Modernidade Líquida. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Ed, 2001.

BONDIOLI, R. Vida online, clima desafiador e poder de influência: conheça a Geração Alfa. São Paulo: Escola Educação, 2024. Disponível em: <https://escolaeducacao.com.br/vida-online-clima-desafiador-e-poder-de-influencia-conheca-a-geracao-alfa/>. Acesso em: 27 jan. 2024.

CARRARA, R. M. AS TEORIAS DE BAUMAN: FLUIDEZ NA EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA. Em: VOLPATO, A. N.; ARALDI, I. S.; DIAS, S. R. (Orgs.). EDUCAÇÃO LÍQUIDA PARA UM MUNDO FLUIDO: ALGUMAS REFLEXÕES. Florianópolis: Contexto Digital, 2019. p. 11–21.

COMAZZETTO, Letícia Reghelin et al. A geração Y no mercado de trabalho: um estudo comparativo entre gerações. Psicologia: ciência e profissão, v. 36, p. 145-157, 2016.

DA SILVA, Dion Leno Benchimol et al. Reflections on generations in liquid modernity: a study on the relationship between education and generation alpha: Reflexões sobre as gerações na modernidade líquida: um estudo sobre a relação entre educação e a geração alpha. Concilium, v. 23, n. 13, p. 86-97, 2023.

DA SILVA, Sidinei Pithan. Educação e cultura autoritária no cenário da Modernidade Líquida/Flexível: repensando a ação docente em sentido democrático e emancipatório. Rizoma Freireano, Barcelona, v. 31, p. 1-7, 2021.

DAS NEVES MEROTO, Monique Bolonha et al. MODERNIDADE LÍQUIDA, GERAÇÕES E AS ADVERSIDADES DA EDUCAÇÃO MEDIANTE A SOCIEDADE ATUAL. Revista Ilustração, v. 4, n. 5, p. 175-183, 2023.

DE SOUZA, A. H. B. H. A. Modernidade Líquida. Ponto Revista Científica, v. 1, n. 1, 2014.

FÉLIX, Carlos Marcelo Cavalheiro; KOCH, Rodrigo. Os rostos das juventudes no ambiente educacional: conflitando a sociedade de consumo líquido-moderna. Cadernos do Aplicação, v. 34, n. 1, 2021.

FIALHO, F. A. P. et al. PEDAGOGIA LÍQUIDA: EM BUSCA DO AMANHÃ. Em: VOLPATO, A. N.; ARALDI, I. S.; DIAS, S. R. (Orgs.). EDUCAÇÃO LÍQUIDA PARA UM MUNDO FLUIDO: ALGUMAS REFLEXÕES. Florianópolis: Contexto Digital, 2019. p. 88-111.

FONTELES, A. J. C. S. et al. Modernidade líquida de Zygmunt Bauman e, gerações de veteranos, baby boomers, X, Y, Z e Alpha. Revista Ilustração, v. 4, n. 4, p. 39-46, 2023.

GAIDARGI, Alessandra MM. ENSINO MÉDIO E EDUCAÇÃO PARA AS MÍDIAS NA MODERNIDADE LÍQUIDA: DIALOGIA E INTERDISCIPLINARIDADE. Revista Gênero e Interdisciplinaridade, v. 2, n. 02, 2021.

GIL, A. C. Como elaborar projetos de pesquisa. São Paulo: Atlas, 2002.

GRANATO, P. S. As Gerações e Suas Diferenças Comportamentais. 2023. Disponível em: <https://pt.linkedin.com/pulse/gera%C3%A7%C3%B5es-e-suas-diferen%C3%A7as-comportamentais-paulo-s%C3%A9rgio-granato>. Acesso em: 22 jan. 2024.

NICODEM, Maria Fátima Menegazzo; DA SILVA, Giordana Menegazzo; NICODEM, Lucas Eduardo Menegazzo. REDES SOCIAIS NA ESCOLA DO CAMPO À LUZ DE

BAUMAN E DA MODERNIDADE LÍQUIDA: PERCURSOS E FRONTEIRAS: https://doi. org/10.29327/211653.6. 3-4. Revista Ibero-Americana de Humanidades, Ciências e Educação, v. 6, n. 3, p. 44-68, 2020.

SOUZA, K. Classificação das gerações: entenda como aplicar na sua empresa. 2023. Disponível em: <https://blog.fortestecnologia.com.br/gestao-pessoas/classificacao-das-geracoes-entenda-como-aplicar-na-sua-empresa/>. Acesso em: 24 jan. 2024.

TESSARO, A. EDUCAÇÃO NA MODERNIDADE LÍQUIDA: O DESAFIO EM EDUCAR. Monografias Brasil Escola (Site), 2020. Disponível em: <https://monografias.brasilescola.uol.com.br/educacao/educacao-na-modernidade-liquida-o-desafio-em-educar.htm>. Acesso em: 27 jan. 2024.

VOLPATO, A. N; DIAS, S. R. Prefácio. Em: VOLPATO, A. N.; ARALDI, I. S.; DIAS, S. R (Orgs.). EDUCAÇÃO LÍQUIDA PARA UM MUNDO FLUIDO: ALGUMAS REFLEXÕES. Florianópolis: Contexto Digital, 2019. p. 8–10.

ZANINELLI, Thais Batista; CALDEIRA, Giseli; DE SOUZA FONSECA, Diego Leonardo. Veteranos, Baby Boomers, Nativos Digitais, Gerações X, Y e Z, Geração Polegar e Geração Alfa: perfil geracional dos atuais e potenciais usuários das bibliotecas universitárias. Brazilian Journal of Information Science, v. 16, n. 1, p. 5, 2022.

Arquivos adicionais

Publicado

22.03.2024

Edição

Seção

Artigos Científicos de Pesquisa

Como Citar

DE LIMA, Michael Fernandes; CARRETERO, Jônathas dos Santos; JÚNIOR, Hermócrates Gomes Melo; DE MACÊDO, Antonio Epitácio Soares; QUADRADO, Anair Meirelles. AS GERAÇÕES E A MODERNIDADE LÍQUIDA NO CONTEXTO EDUCACIONAL. RCMOS - Revista Científica Multidisciplinar O Saber, Brasil, v. 1, n. 1, 2024. DOI: 10.51473/rcmos.v1i1.2024.473. Disponível em: https://submissoesrevistacientificaosaber.com/index.php/rcmos/article/view/473.. Acesso em: 21 maio. 2024.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

Artigos Semelhantes

1-10 de 96

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.