EDUCAÇÃO CONTEMPORÂNEAPAPEL DO DESIGN INSTRUCIONAL

Autores

  • Matias Rebouças Cunha Autor/in
  • Ana Sueli Coêlho Autor/in
  • Geime Aparecida de Almeida Autor/in
  • Graziele Rancan Autor/in
  • Hermócrates Gomes Melo Júnior Autor/in

DOI:

https://doi.org/10.51473/rcmos.v1i1.2024.491

Palavras-chave:

Design Instrucional. Educação. Práticas. Desafios. Papel.

Resumo

Este estudo aborda o Design Instrucional (DI) como uma metodologia importante na estruturação de experiências educacionais efetivas, alinhando tecnologias educacionais com teorias pedagógicas para otimizar o aprendizado. Investigou-se as barreiras à sua implementação, incluindo resistência institucional, falta de formação específica para designers instrucionais e desafios na criação de materiais educacionais engajadores. O objetivo foi explorar as práticas de DI, suas vantagens e desvantagens, e elucidar o papel do profissional designer instrucional na educação. A metodologia empregada consistiu em uma revisão bibliográfica qualitativa, analisando literatura relevante para compreender as implicações do DI na educação. Os resultados indicam que, apesar dos desafios, o DI apresenta potencial significativo para promover uma aprendizagem mais personalizada e centrada no aluno. Contudo, sua eficácia depende da superação de obstáculos relacionados à sua adoção e da formação adequada de designers instrucionais. Conclui-se que uma abordagem colaborativa entre educadores, designers e instituições é fundamental para a implementação bem-sucedida do DI, enfatizando a necessidade de pesquisas contínuas para identificar estratégias inovadoras que enfrentem os desafios da educação moderna.

Downloads

Os dados de download ainda não estão disponíveis.

Biografia do Autor

  • Matias Rebouças Cunha

    http://lattes.cnpq.br/8673206809380664
    https://orcid.org/0000-0002-0568-1699
    E-mail: matiascunha17@gmail.com

  • Ana Sueli Coêlho

    https://latter.cnpq.br/4333095022866195
    https://orcid.org/0009-0005-7129-4370
    E-mail: elycoelhodias@gmail.com

  • Geime Aparecida de Almeida

    http://lattes.cnpq.br/2010255017154388
    https://orcid.org/0000-0001-7791-8686
    E-mail: meige_almeida@hotmail.com

  • Graziele Rancan

    http://lattes.cnpq.br/5068468053041392
    E-mail: grazirancan@gmail.com

  • Hermócrates Gomes Melo Júnior

    https://orcid.org/0009-0003-5758-414X
    E-mail: hgjunior@ufba.br

Referências

Almeida, S., C., & Ferreira F., R. (2020). Considerações acerca do uso da Aprendizagem Baseada em Problemas (PBL) em um Curso Técnico Integrado ao Ensino Médio. Revista De Educação Matemática, 17, e020049. https://doi.org/10.37001/remat25269062v17id443

Alves, A. G., & Hostins, R. C. L. (2019). Desenvolvimento da imaginação e da criatividade por meio de design de games por crianças na escola inclusiva. Revista Brasileira de Educação Especial, 25(1), 17-36. https://www.scielo.br/j/rbee/a/kJbyj3HKnJdSp8QtY9D96tw/

Bacich, L., & Moran, J. (Orgs.). (2018). Metodologias ativas para uma educação inovadora: Uma abordagem teórico-prática. Porto Alegre: Penso. Recuperado de https://edisciplinas.usp.br/pluginfile.php/7722229/mod_resource/content/1/Metodologias-Ativas-para-uma-Educacao-Inovadora-Bacich-e-Moran.pdf

Clark, R. C., & Mayer, R. E. (2016). e-Learning and the science of instruction: Proven guidelines for consumers and designers of multimedia learning. Wiley.

Comerlato, I. H. (2022). Inclusão digital: Escolas conectadas no município de Esteio/RS. Universidade Federal de Santa Maria. Recuperado de https://repositorio.ufsm.br/bitstream/handle/1/26864/TCCE_GPM_EaD_2022_COMERLATO_ISABEL.pdf?sequence=1&isAllowed=y

Corrêa, L. A., Taniguti, G., & Ferreira, K. (2021). Tecnologias digitais aplicadas à educação inclusiva: Fortalecendo o desenho universal para a aprendizagem (1ª ed.). Instituto Rodrigo Mendes. https://rm.org.br/wp-content/uploads/2021/11/Tecnologias-digitais-aplicadas-a-educacao-inclusiva-IRM.pdf

Filatro, A., & Cairo, S. (2019). Produção de conteúdos educacionais: Design instrucional, tecnologia, gestão, educação e comunicação. São Paulo: Saraiva.

Filho, V. F., Gerges, N. R. C., & Fialho, F. A. P. (2015). Design Thinking, cognição e educação no século XXI. Revista Diálogo Educacional, 15(45), 579-596. https://periodicos.pucpr.br/dialogoeducacional/article/view/5029

Rodrigues, E. N., & Souza, F. N. (2022). Educação para a inclusão digital como medidas promissoras na pandemia e pós-pandemia. Humanidades & Inovação, 2(1), 7-10. https://doi.org/10.19141/2763-5163.docentdiscunt.v9.n8.p7-10

Silva, J. B., Bilessimo, S. M. S., & Machado, L. R. (2021). Integração de tecnologia na educação: Proposta de modelo para capacitação docente inspirada no TPACK. Educ. rev., 37, e232757. https://doi.org/10.1590/0102-4698232757

Siemens, G. (2005). Connectivism: A learning theory for the digital age. International Journal of Instructional Technology and Distance Learning, 2(1), 3-10. Disponível em https://jotamac.typepad.com/jotamacs_weblog/files/Connectivism.pdf

Valente, J. A. (2018). A sala de aula invertida e a possibilidade do ensino personalizado: uma experiência com a graduação em midialogia. Recuperado de https://edisciplinas.usp.br/pluginfile.php/7890911/mod_resource/content/1/Valente%202018_A%20sala%20de%20aula%20invertida%20e%20a%20possibilidade%20do%20ensino%20personalizado-uma%20experi%C3%AAncia%20com%20a%20gradua%C3%A7%C3%A3o%20em%20midialogia.pdf

Arquivos adicionais

Publicado

06.04.2024

Edição

Seção

Artigos Científicos de Pesquisa

Como Citar

CUNHA, Matias Rebouças; COÊLHO, Ana Sueli; DE ALMEIDA, Geime Aparecida; RANCAN, Graziele; JÚNIOR, Hermócrates Gomes Melo. EDUCAÇÃO CONTEMPORÂNEAPAPEL DO DESIGN INSTRUCIONAL. RCMOS - Revista Científica Multidisciplinar O Saber, Brasil, v. 1, n. 1, 2024. DOI: 10.51473/rcmos.v1i1.2024.491. Disponível em: https://submissoesrevistacientificaosaber.com/index.php/rcmos/article/view/491.. Acesso em: 21 maio. 2024.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

Artigos Semelhantes

1-10 de 233

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.