EDUCAÇÃO EM SEXUALIDADE EM ESCOLAS DE ENSINO MÉDIO: PERCEPÇÃO DE PROFESSORES

Autores

  • Giovanna Souza Picolo Autor/in
  • Célia Regina Rossi Autor/in

DOI:

https://doi.org/10.51473/rcmos.v1i1.2024.434

Palavras-chave:

Educação em eexualidade. Ensino médio. Professores. Formação continuada.

Resumo

O estudo realizou uma pesquisa de natureza qualitativa e bibliográfica buscando apontar as principais questões levantadas pelos professores de Ensino Médio no que tange à Educação em Sexualidade nas escolas. Foi realizado um levantamento de artigos publicados no período de 2013 a 2022, em português no Portal de Periódicos da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes). Foram usados os descritores “Educação Sexual”, “Ensino Médio” e “professores”e a análise está calçada na proposta de Bardin. Os trabalhos escolhidos apresentam em seu resumo referências à temática de Educação em Sexualidade nas escolas de Ensino Médio.  Os resultados apontaram para o despreparo e insegurança dos professores para lidar com as manifestações e dúvidas dos alunos na temática de sexualidade, bem como a Educação em Sexualidade ser exercida somente nos conteúdos de reprodução humana, métodos contraceptivos, prevenção à gravidez e infecções sexualmente transmissíveis. Destaca-se, a necessidade de investimentos em formação continuada para que essa temática seja exercida dentro e fora do ambiente escolar, como um dos meios para a restituição da Educação em todas as suas configurações e conhecimentos.

Downloads

Os dados de download ainda não estão disponíveis.

Referências

ARAUJO, K. C. V. de; AUGUSTO, V. O.; RIBEIRO, P. R. M. Algumas reflexões sobre educação sexual e estudos de gênero no trabalho de educadores do ciclo II e ensino médio. Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação, Araraquara, v. 4, n. 1, p. 152–161, 2010. Disponível em: https://periodicos.fclar.unesp.br/iberoamericana/article/view/2699. DOI: https://doi.org/10.21723/riaee.v4i1.2699. Acesso em: 10 ago. 2022.

AVILA, A. H., TONELLI, M. J. F., ANDALÓ, C. S. DE A. Professores/as diante da sexualidade-gênero no cotidiano escolar. Psicologia em Estudo, Maringá, v. 16, n. 2, p. 289-298, abr./jun. 2011. Disponível em: https://www.scielo.br/j/pe/a/5vZsJnCDqBNtdJGZRCK7FbP/?lang=pt. Acesso em 30 jun 2022.

BASTOS, G. D., & LÜDKE, E. Reflexões sobre gênero no ensino de Biologia: Um olhar sobre o discurso de estudantes do primeiro ano do Ensino Médio acerca da gravidez na adolescência. Revista Contexto & Educação, 32(101), 142–174, 2017. Disponível em: https://www.revistas.unijui.edu.br/index.php/contextoeducacao/article/view/6690 DOI: https://doi.org/10.21527/2179-1309.2017.101.142-174 Acesso em 22 ago 2022.

BORDINI, S. C. O lugar da Educação para a Sexualidade na disciplina de ciências e suas relações com o saber científico. Revista Contexto & Educação, 27(88), 62–76, 2012. Disponível em: https://www.revistas.unijui.edu.br/index.php/contextoeducacao/article/view/371 DOI: https://doi.org/10.21527/2179-1309.2012.88.62-76 Acesso em 11 ago. 2022.

BRASIL. Termo de Referência: Instruções para Apresentação e Seleção de Projetos de Capacitação/ Formação de Profissionais da Educação para a Cidadania e a Diversidade Sexual. Brasília: Ministério da Educação, 2005. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/secad/arquivos/pdf/termo_ref.pdf. Acesso em 14 ago. 2021.

BRASIL. Ministério da Saúde. Direitos sexuais, direitos reprodutivos e métodos anticoncepcionais. Brasília, DF: Ministério da Saúde, 2009. Disponível em: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/direitos_sexuais_reprodutivos_metodos_anticoncepcionais.pdf. Acesso em 14 ago. 2021.

ECOS – Estudos e Comunicação em Sexualidade e Reprodução Humana. Promover a educação sexual nas escolas, 2001. Disponível em: http://www.polis.org.br/uploads/623/623.pdf. Acesso em 13 jun. 2022

FERREIRA, N.S.A. As pesquisas denominadas “Estado da Arte”. Educação & Sociedade, Vol 23, nº 79, p. 257 - 252, 2002. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/es/v23n79/10857.pdf Acesso em 13 set 2023.

FREITAS, D. L de. Pressupostos de uma Formadora em Educação Sexual: lições da prática. Revista Contexto & Educação, 27(88), 35–61, 2013. Disponível em: https://www.revistas.unijui.edu.br/index.php/contextoeducacao/article/view/366 DOI: https://doi.org/10.21527/2179-1309.2012.88.35-61 Acesso em 15 ago. 2022.

FURLANETTO, M. F., LAUERMANN, F., COSTA, C. B. DA, MARINI, A. H. Educação Sexual em Escolas Brasileiras: Revisão sistemática da literatura. Cadernos de Pesquisa, v.48 n.168 p.550-571 abr./jun. 2018. Disponível em: https://www.scielo.br/j/cp/a/FnJLpCKWxMc4CMr8mHyShLs/abstract/?lang=pt. DOI: https://doi.org/10.1590/198053145084. Acesso em 1 ago. 2022.

GIL, A. C. Como elaborar projetos de pesquisa - 4. ed. - São Paulo :Atlas, 2002

LOURO, G. L. Gênero, sexualidade e educação: Uma perspectiva pós-estruturalista. Petrópolis, RJ: Vozes, 1997.

LOURO, G. L. Pedagogias da sexualidade. In LOURO, G. L (Org.) O corpo educado: Pedagogias da sexualidade. Autêntica Editora, 2019.

MAIA, A. C. B. RIBEIRO, P. R. M. (2011). Educação sexual: princípios para ação. Doxa. Revista Paulista de Psicologia e Educação, v. 15 (1), 41-51, 2011. Disponível em: http://hdl.handle.net/11449/124985 Acesso em 22 set. 2023.

MISKOLCI, R.. Um corpo estranho na sala de aula. In: Abramowicz, A.Silvério, V. R. (Orgs.). Afirmando diferenças: Montando o quebra-cabeça da diversidade na escola. Campinas: Papirus, 2005.

MORAIS, N. A. A. de; GUIMARÃES, Z. F. . S. .; MENEZES, J. P. C. de. Educação sexual: as percepções dos professores de biologia do ensino médio. Revista de Ensino de Biologia da SBEnBio, [S. l.], v. 14, n. 1, p. 135–156, 2021. DOI: 10.46667/renbio.v14i1.395. Disponível em: https://renbio.org.br/index.php/sbenbio/article/view/395. Acesso em: 11 jul. 2023.

QUEIROZ, V. dos R.; ALMEIDA, J. M. de. Sexualidade na adolescência: potencialidades e dificuldades dos professores de ensino médio de uma escola estadual de Sorocaba. Revista da Faculdade de Ciências Médicas de Sorocaba, [S. l.], v. 19, n. 4, p. 209–214, 2018. DOI: 10.23925/1984-4840.2017v19i4a9. Disponível em: https://revistas.pucsp.br/index.php/RFCMS/article/view/31788. Acesso em: 11 jul. 2023.

QUIRINO, G. DA S., ROCHA, J. B. T. Sexualidade e educação sexual na percepção docente. Educar em Revista, Curitiba, Brasil, n. 43, p. 205-224, jan./mar. 2012. Disponível em: https://www.scielo.br/j/er/a/rXwRNn9Lhr5Q9MJgMgZgMsL/abstract/?lang=pt. DOI: https://doi.org/10.1590/S0104-40602012000100014. Acesso em 25 jun. 2022.

QUIRINO, G. DA S., ROCHA, J. B. T. Prática docente em educação sexual em uma escola pública de Juazeiro do Norte, CE, Brasil. Ciênc. Educ., Bauru, v. 19, n. 3, p. 677-694, 2013. Disponível em: https://www.scielo.br/j/ciedu/a/rFqWjDCskZ7WvZwyybQJKJR/?lang=pt. DOI: https://doi.org/10.1590/S1516-7313201300030001. Acesso em 15 ago 2022.

RIBEIRO, P. R. M. A educação sexual na formação de professores: sexualidade, gênero e diversidade enquanto elementos de uma cidadania ativa. In: Rabelo, A. O.; Pereira, G. P & Reis, A. M. de S. (Org.). Formação docente em gênero e sexualidade: entrelaçando teorias, políticas e práticas. De Petrus et Alii, 2013, p. 7-17. Disponível em: http://www.scielo.mec.pt/scielo.php?script= sci_arttext & pid=S0874-55602014000100012 DOI: Acesso em 2 ago. 2022.

SANTOS, F. M. Análise de conteúdo: a visão de Laurence Bardin. Revista Eletrônica de Educação, v. 6, n. 1, p. 383 - 387, 2012. Disponível em: http://www.reveduc.ufscar.br/index.php/reveduc/article/view/291/156. Acesso em set 2023.

SEVERINO, A. J.. Metodologia do trabalho científico. 21.ed. São Paulo: Cortez, 2000.

SILVA, R. Quando a escola opera na conscientização dos jovens adolescentes no combate às DSTs. Educar em Revista, Curitiba, Brasil, n. 57, p. 221-238, jul./set. 2015. DOI: https://doi.org/10.1590/0104-4060.41170. Disponível em: https://www.scielo.br/j/er/a/gfzdzSRTsFkKGSFdXfLjHLC/?lang=pt#. Acesso em 14 mai. 2023.

WEREBE, M. J. G. Sexualidade, Política, Educação. Campinas, SP: Autores Associados, 1998.

Arquivos adicionais

Publicado

24.01.2024

Edição

Seção

Artigos Científicos de Pesquisa

Como Citar

PICOLO, Giovanna Souza; ROSSI, Célia Regina. EDUCAÇÃO EM SEXUALIDADE EM ESCOLAS DE ENSINO MÉDIO: PERCEPÇÃO DE PROFESSORES. RCMOS - Revista Científica Multidisciplinar O Saber, Brasil, v. 1, n. 1, 2024. DOI: 10.51473/rcmos.v1i1.2024.434. Disponível em: https://submissoesrevistacientificaosaber.com/index.php/rcmos/article/view/434.. Acesso em: 21 maio. 2024.

Artigos Semelhantes

1-10 de 335

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.