REFLEXÕES DAS METODOLOGIAS ATIVAS E O PROCESSO DE ALFABETIZAÇÃO NO PRIMEIRO CICLO ESCOLAR

Autores

  • Telma Silva de Paula Castro Facultad Interamericana de Ciencias Sociales Autor/in
  • Valdirene Andrade Honório Facultad Interamericana de Ciencias Sociales Autor/in
  • Francimar Maria da Silva Facultad Interamericana de Ciencias Sociales Autor/in
  • Arlindo Trindade Soares Neto Facultad Interamericana de Ciencias Sociales Autor/in
  • CRISTIANO DO NASCIMENTO SIQUEIRA pela Facultad Interamericana de Ciencias Sociales - FICS Autor/in

DOI:

https://doi.org/10.51473/rcmos.v1i1.2024.478

Palavras-chave:

Alfabetização, Metodologias ativas, Educação básica

Resumo

Este artigo propõe uma reflexão sobre as metodologias ativas e a alfabetização no primeiro ciclo escolar do ensino fundamental. As metodologias ativas se constituem como estratégias de ensino que potencializam o processo de ensino e aprendizagem, viabilizam o protagonismo do aluno e a aprendizagem ativa, colaborativa e significativa. A pesquisa aborda a aplicação das metodologias ativas no processo de alfabetização no primeiro ciclo escolar da educação básica. São analisadas as implicações do uso das metodologias na alfabetização, bem como os ganhos e as vantagens dessa proposta de ensino no desenvolvimento das competências de leitura e escrita. A metodologia abrange uma revisão da literatura recente e a análise de dados e estatísticas relacionados à alfabetização no primeiro ciclo escolar. Os resultados apontam como as metodologias ativas têm potencial para aprimorar e potencializar o processo de alfabetização, viabilizando a conquista e o desenvolvimento da habilidade de ler, escrever e interpretar dos alunos, em um processo de alfabetização e letramento potente e significativo. Dentre os autores que fundamentaram essa pesquisa, podemos citar: Barbosa (2003), Cagliari (1999), Novóa (2002), Pérez (2008), Valente (2018), Vigotsky (1991), dentre outros, os quais abordam em suas obras conceitos e informações importantes sobre o tema em questão.

Downloads

Os dados de download ainda não estão disponíveis.

Referências

BARBOSA: J. J. Alfabetização e Leitura. São Paulo: Cortez, 2003.

BRASIL. Base Nacional Comum Curricular: Educação Infantil e Ensino Fundamental. Brasília: MEC/Secretaria de Educação Básica, 2017.

BRASIL, E. M. Educa Mais Brasil. Qual a situação atual da alfabetização no Brasil? Disponível em: https://www.educamaisbrasil.com.br/educacao/escolas/qual-a-situacao-atual-da-alfabetizacao-no-brasil. Acesso em: 1 abr. 2024.

CARVALHO, R. E. Removendo barreiras para a aprendizagem e para a participação na educação inclusiva. Porto Alegre: Mediação, 2006

CAGLIARI, L. C. Alfabetização e Linguística. São Paulo: Scipione, 1999.

CORTÊS, H. A importância da tecnologia na formação de professores. Revista Mundo Jovem, Porto Alegre, nº 394. 2009.

DAROS, T. Por que inovar na educação? In: CAMARGO e DAROS (org.). A sala de aula inovadora. Porto Alegre: Penso, 2018. p. 3-7.

GERHARDT, T. E. & Silveira, D. T. Métodos de pesquisa. Porto Alegre: Editora da UFRGS, 2009.

GIL, A. C. Como elaborar projetos de pesquisa. São Paulo: Atlas, 2002.

KHAN, S. Um mundo, uma escola: a educação reinventada. Rio de Janeiro: Editora Intrínseca, 2013

LIMA, M. R. F. de. Alfabetização e letramento: uma parceria inteligente. In: Anais Educação e Formação Continuada na Contemporaneidade. Natal. Evento on-line - Amplamente Cursos, 2019. Disponível em: https://www.even3.com.br/anais/amplamentecursos/237762-alfabetizacao-e-letramento--uma-parceria-inteligente/. Acesso em: 29 mar. 2024

NÓVOA, A. Formação de professores e trabalho pedagógico. Lisboa: Educa, 2002.

PÉREZ, C. L. V. Alfabetização: um conceito em movimento. In: GARCIA, R. L.; ZACCUR, E. G. dos S. (org.). Alfabetização: reflexões sobre saberes docentes e saberes discentes. São Paulo: Cortez, 2008.

SEVERINO, A. J. Metodologia do trabalho científico. 24. ed. São Paulo: Cortez, 2018.

SILVA, a. E. L. & Menezes, E. M. Metodologia da pesquisa e elaboração de dissertação. Florianópolis: UFSC, 2005.

SOMOS, I. Aprender é uma escolha: conheça a Pirâmide de Aprendizagem, de William Glasser. Disponível em: https://www.institutosomos.org/aprender-e-uma-escolha-conheca-a-piramide-de-aprendizagem-de-william-glasser/. Acesso em: 1 abr. 2024.

VALENTE, J. A. A sala de aula invertida e a possibilidade do ensino personalizado: uma experiência com a graduação em midialogia. In J. Moran, & L. Bacich (Orgs.), Metodologias ativas para uma educação inovadora: uma abordagem teórico-prática (p. 26-44). Porto Alegre: Penso, 2018

VIGOTSKY, L. S. Aprendizagem e desenvolvimento intelectual na idade escolar. In: LURIA, A. R. et al. Psicologia e pedagogia: Bases psicológicas da aprendizagem e do desenvolvimento. v.1 2. Lisboa: Estampa, 1991.

Arquivos adicionais

Publicado

05.04.2024

Edição

Seção

Artigos Científicos de Pesquisa

Como Citar

TELMA SILVA DE PAULA CASTRO; VALDIRENE ANDRADE HONÓRIO; FRANCIMAR MARIA DA SILVA; ARLINDO TRINDADE SOARES NETO; DO NASCIMENTO SIQUEIRA, CRISTIANO. REFLEXÕES DAS METODOLOGIAS ATIVAS E O PROCESSO DE ALFABETIZAÇÃO NO PRIMEIRO CICLO ESCOLAR. RCMOS - Revista Científica Multidisciplinar O Saber, Brasil, v. 1, n. 1, 2024. DOI: 10.51473/rcmos.v1i1.2024.478. Disponível em: https://submissoesrevistacientificaosaber.com/index.php/rcmos/article/view/478.. Acesso em: 21 maio. 2024.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

Artigos Semelhantes

1-10 de 183

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.